O “Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituições de Educação Superior Estrangeiras” – REVALIDA, é uma prova implementada pelo INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) em parceria com a SESu/MEC (Secretaria de Educação Superior), com o Ministério da Saúde (MS) e o Ministério de Relações Exteriores (MRE) e a ANDIFES (Associação Nacional dos Dirigentes das Instituções Federais De Ensino Superior).

A primeira edição do Revalida foi em 2010, como projeto piloto, e o exame tornou-se oficial a partir de 2011

O Revalida é um exame elaborado por reconhecidos especialistas em avaliação da educação médica.
O objetivo do Revalida é proporcionar maior agilidade, confiabilidade e eficácia nos processos de revalidação de diplomas médicos no país.

O REVALIDA tem duas etapas, nas quais os conhecimentos médicos do candidato são avaliados:

  • A primeira etapa é a Prova Escrita, esta prova tem questões objetivas (de multipla escolha) e discursivas - Esta etapa avalia conhecimentos teóricos;
  • A segunda etapa é a Prova de Habilidades Clínicas – esta etapa avalia conhecimentos quanto à prática de atendimento médico.

Os participantes aprovados no REVALIDA poderão solicitar às Instituições de Educação Superior públicas brasileiras que aderiram ao Exame a revalidação do seu diploma obtido no exterior, desde que apresentem as documentações solicitadas na legislação brasileira, incluindo o certificado de aprovação no CELPE-BRAS (Certificado de Proficiência em Língua Portuguesa para Estrangeiros).